ISSN 0718-8072 versão online
ISSN 0718-0233 versão impressa

SOBRE ESTA REVISTA

Orientações básicas

A Revista Chilena de Derecho Privado Fernando Fueyo Laneri (RChDP) é uma publicação acadêmica de caráter semestral, que edita a Fundação Fernando Fueyo Laneri, em conjunto com a Faculdade de Direito da Universidade Diego Portales, nos meses de julho e dezembro de cada ano.

Surge no ano 2003, a cargo de seu primeiro diretor, Carlos Pizarro Wilson, como uma iniciativa da Fundação para contribuir ao estudo do Direito Privado e ao fomento do debate crítico. Atualmente, esta publicação está dirigida por Claudia Bahamondes Oyarzún.

A Revista se enfoca em temas de Direito Privado desde uma perspectiva ampla, a que permite que se publiquem trabalhos acadêmicos nacionais e estrangeiros, sem que resulte relevante o grau de similitude que estes últimos apresentem com a legislação local. Aspira-se, assim, a constituir uma ferramenta à disposição da comunidade jurídica, para aproximá-la às últimas tendências nacionais, regionais e intercontinentais, em torno à compreensão das instituições, princípios, padrões e regras que configuram esta rama do Direito. Assim mesmo, esta perspectiva ampla permite nutri-la com temáticas de outras disciplinas afins, na medida em que contribuíam ao propósito declarado.

Deveres do Comitê Editorial

O Comitê Editorial da RChDP é o responsável da publicação dos manuscritos enviados pelos autores ou as autoras. Dessa forma, deverá empregar o cuidado devido para custodiar de forma adequada os direitos de autora e evitar o plágio ou autoplágio em qualquer de suas formas. Nesse sentido, será um dever da Direção da Revista informar ao Comitê Editorial sobre qualquer conduta discutível com a ética.

A avaliação dos manuscritos se realizará somente em consideração de sua qualidade intelectual com total independência da raça, gênero, orientação sexual, crenças religiosas, origem étnica, nacionalidade ou convicções políticas dos autores ou as autoras.

A Equipe e o Comitê Editorial guardarão restrita confidencialidade com respeito aos manuscritos que recebam. A distribuição deles se limitará somente àqueles que devam arbitrá-los e na medida em que sejam aceitos, o responsável da publicação. Além disso, deverão abster-se de empregar os manuscritos em suas próprias pesquisas antes que sejam publicados, a não ser que exista um consentimento expresso do autor ou da autora que o enviou. Em caso de que percebam um conflito de interesse em seu trabalho com respeito de um escrito, deverão declinar sua participação no processo de revisão.

A Direção e o Comitê Editorial deverão levar o procedimento por infrações à ética de maneira adequada, garantindo sua razoabilidade. Mesmo assim, deverão resguardar a possibilidade de que o autor ou a autora a quem se lhe repreende a eventual conduta contraria à, formule seus descargos e defesas. Também, deverão resguardar a possibilidade de que o autor ou a autora a quem se lhe repreenda a eventual conduta contrária à ética, formule seus descargos e defesas.

Deveres das ou os árbitros

A publicação de um trabalho para sua publicação na Revista exige arbitragem cega que o aprovem.

A revisão anônima e por pares constitui um elemento essencial na produção do conhecimento. O trabalho das e os árbitros consiste em avaliar a adequação do escrito enviado aos padrões formais e de fundo RChDP. No marco deste trabalho, devem informar justificadamente se, em sua opinião, o trabalho satisfaz os requisitos para sua publicação, e se procede sugerir modificações que são necessárias para sua melhora. Sua opinião deve encontrar-se suficientemente justificada, manifestando com claridade por que aconselha ou não a publicação do manuscrito e as eventuais modificações que sugere.

Seu trabalho de revisão se realizará da maneira mais objetiva possível, prescindindo de críticas pessoais ao autor ou a autora.

Se algum ou alguma considera que não se encontra qualificado ou qualificada para a avaliação de um manuscrito o que não poderá fazê-lo com a prontidão solicitada pela Equipe Editorial, deverá comunicá-lo na maior brevidade possível. Assim mesmo, consignará que a pesquisa não cita publicações. Especialmente relevante resulta informar qualquer risco de plágio.

Deverão tratar com confidencialidade os manuscritos que recebam, de maneira que se absterão de empregá-los em suas próprias pesquisas ou comunicá-los a terceiros. Igualmente, devem declinar a revisão se notam qualquer conflito de interesse, incluindo – mas não limitado a – trabalhos em colaboração com o autor ou a autora, relações próximas familiaridade ou amizade com o autor ou autora, inimizade, competência em projetos, etcétera.

Fontes de indexação

Os artigos publicados na Revista Chilena de Derecho Privado, foram incluidos nos seguintes índices internacionais:

  • LATINDEX
  • Library of Congress Online Catalog- USA
  • Dialnet
  • SciELO Chile
  • EBSCO

Copyright

Os direitos de propriedade intelectual se entenderão transpassados pelo autor ou a autora à Revista, uma vez que se comunique a aceitação do trabalho apresentado para sua publicação.

Toda petição de uso ou reprodução com fins comerciais deve comunicar-se, previamente, à Direção da Revista. Assim mesmo, toda reprodução autorizada, em qualquer meio, deve citar em forma completa o artigo e a Revista.

A Fundação Fernando Fueyo autoriza a impressão de artigos e fotocopias para uso pessoal. Assim mesmo, se promove o uso da Revista para fins educacionais, permitindo-se a criação de perspectivas com artigos específicos que se encontrem em seus servidores, para a criação de material de instrução. Não se permitirá, no entanto, a utilização da versão digital da Revista e/ou partes dela, em servidores de acesso público sem a autorização da Direção. Neste caso, deverá garantir que a reprodução seja íntegra com a nota de propriedade intelectual e que se existe uma cobrança esta seja somente pelo custo de reprodução. Não se permitirá, no entanto, a utilização da versão digital da Revista e/ou partes dela, nos próprios servidores de acesso público da instituição, sem a autorização da Direção.

Patrocinadores

A publicação da revista conta com o financiamento da Fundación Fernando Fueyo Laneri, constituída pela sucesão de dom Fernando Fueyo Laneri e a Escola de Direito da Universidade Diego Portales.

[Corpo editorial] [Instruções para as autoras e os autores] [Assinaturas]


Fundación Fernando Fueyo Laneri

Avenida República N° 112, segundo piso
Santiago - Chile
Tel.: (56-2) 2676 8805


fundacion.fueyo@udp.cl