SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 número1-2TREMATODEOS DIGENETICOS PARASITOS DE Menticirrhus americanus (OSTEICHTHYES: SCIAENIDAE) NO LITORAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, BRASILUNA NUEVA ESPECIE Y UN NUEVO REGISTRO DE MONOGENEOS PARASITOS EN PECES MARINOS DEL PERU índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Parasitología al día

versão impressa ISSN 0716-0720

Resumo

CARMONA DE SAO CLEMENTE, Sergio; MATOS, Edilson; TORTELLY, Rogerio  e  DE LIMA, Francisco Carlos. HISTOPATOLOGIA DO PARASITISMO POR METACERCARIAS DE Clinostomum sp EM TAMOATA, Hoplosternum littorale (HANCOCK, 1828). Parasitol. día [online]. 1998, vol.22, n.1-2, pp.38-40. ISSN 0716-0720.  http://dx.doi.org/10.4067/S0716-07201998000100007.

Foi realizado um estudo enfocando o aspecto histopatológico provocado por metacercárias do género Clinostomum em 26 espécimes de Hoplosternum littorale coletados no Rio Guamá, Cidade de Belém, Pará 85% dos peixes apresentaram o parasitismo. No exame microscópico, ao redor de formaçães císticas contendo o parasito, observou-se fibras musculares em degeneração ao lado de moderada reação inflamatória com infiltração de células mononucleares. O quadro apresentado é sugestivo de miosite parasitária. Figura 1. Fotomicrografia mostrando formações císticas na musculatura de Hoplosternum littorale contendo metacercárias de Clinostomum sp (seta). Aumento 40X Figura 2. Fotomicrografia da lesão mostrando o parasito encistado (P) e cápsula conjuntiva apresentando infiltração de células inflamatórias mononucleares e eosinofílicas (C). Aumento 100X

Palavras-chave : Clinostomum; Hoplosternum littorale; Tamoata; Parasitism; Histopathology.

        · resumo em Inglês     · texto em Português

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons