SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24PERCEPCIÓN DEL EQUIPO MULTIPROFESIONAL SOBRE EL REGISTRO EN LA HISTORIA CLÍNICA DEL RESIDENTE DE UNA INSTITUCIÓN DE LARGA PERMANENCIA PARA ANCIANOSADAPTACIÓN TRANSCULTURAL PARA CHILE DEL NURSING ACTIVITIES SCORE PARA MEDIR LA CARGA DE TRABAJO DE ENFERMERÍA EN UNIDADES DE CUIDADOS INTENSIVOS índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Ciencia y enfermería

versión On-line ISSN 0717-9553

Resumen

DOS SANTOS, Silvana  y  CANGIANI FABBRO, Márcia Regina. A DIFÍCIL TAREFA DE ESCOLHER O PARTO NATURAL. Cienc. enferm. [online]. 2018, vol.24, 11.  Epub 15-Ene-2019. ISSN 0717-9553.  http://dx.doi.org/10.4067/s0717-95532018000100211.

O movimento de busca pelo protagonismo feminino no parto, surge mediante reivindicações femininas pelos direitos sexuais e reprodutivos em meados do século XX, o que promoveu conquistas na saúde da mulher nos últimos 30 anos no Brasil. Objetivo: Compreender motivações de mulheres usuárias do Epi-no à escolha do parto natural entre 2013-2015, descrevendo elementos facilitadores (EF). Material e método: Pesquisa qualitativa, realizada numa Universidade do interior de São Paulo/ Brasil. Utilizou-se o Feminismo Dialógico e a Metodologia Comunicativa /MC como referenciais teórico-metodológicos, por meio de relatos de 7 mulheres, gravados em áudio, transcritos e analisados. Resultados: Idade 22-38 anos; todos partos vaginais, 2 tiveram laceração (1° grau) e 1 episiotomia, 6 primíparas, 2 multíparas, idade gestacional variou de 36-41 semanas, 3 realizaram, além do Epi-no, massagem, contração e relaxamento, 6 tiveram doulas e a escolaridade variou entre 3° grau e pós-graduação. Elaboraram-se 14 temáticas, agrupadas em EF e ED (elementos dificultadores): Conhecendo sua história; apoio da família/profissional/doula; Preparação física e psicológica para o parto; e, reconhecendo as fases do trabalho de parto. Essas foram reagrupados em 2 categorias da MC: mundo da vida e sistema e apontaram recomendações em consenso com as mulheres. Conclusão: As pessoas (mundo da vida) possuem papel importante como transformadoras sociais. Motivadas e informadas encontram encorajamento e segurança, produzindo mudanças e demonstrando que crenças, culturas, medos em torno do parto podem ser desmistificados.

Palabras clave : Parto natural; Parto Humanizado; Trabalho de parto; Comportamento de Busca de Informação; Mulheres.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )