SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue61Analysis of filling out dental certificates by dental students and professionalsTrastornos mentales comunes y síndrome de burnout en agentes penitenciarios author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Ciencia & trabajo

On-line version ISSN 0718-2449

Abstract

AIRES FERREIRA, Sandra et al. Associação entre Força Muscular Relativa e Indicadores de Obesidade em Professores Universitários. Cienc Trab. [online]. 2018, vol.20, n.61, pp.31-35. ISSN 0718-2449.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-24492018000100031.

O objetivo do estudo foi verificar a associação entre a força muscular relativa e os indicadores de obesidade em professores universitários. 71 docentes (37 homens e 34 mulheres) foram submetidos à medida da circunferência da cintura (CC) e ao teste de preensão manual. A partir da massa corporal (MC) e da estatura calculou-se o Índice de Massa Corporal (IMC). A força muscular relativa (% FM) foi determi nada mediante razão dos valores da média de preensão manual direita e esquerda pela MC. Com base nos valores de % FM a amostra foi estratificada em tercis de acordo com o gênero para efeito de comparação da MC, IMC e CC utilizando o teste de Kruskal Wallis. Para identificar a diferença entre dois grupos utilizou-se a Mann- Whitney e para correlação usou-se o coeficiente de Spearman. Os homens do 3° tercil apresentaram valores significativamente menores nos indicadores de obesidade quando comparados ao 1° e 2° tercil. Não houve diferença significativa para as mulheres nos indicadores de obesidade embora os valores encontrados tenham sido menores com o aumento do nível de força. Foram observadas correlações inversas para MC, IMC e CC em ambos os gêneros. O desempenho de força muscular palmar sugere maior importância na prevenção de obesidade entre os professores do que entre as professoras.

Keywords : atividade física; docentes; saúde ocupacional.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )