SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue62Risk perception of occupational exposure to silica: Construction and validation of a questionnaire in ChileSpeech and language pathology practice in primary health care of the fifth region of Valparaíso author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Ciencia & trabajo

On-line version ISSN 0718-2449

Abstract

ZARANZA MONTEIRO, Luciana; ALVES DE LIRA, Bruno; DE SOUZA, Priscila  and  BRAGA JUNIOR, Francelino D.. Barreiras Percebidas para a Prática de Atividade Física entre Servidores do Setor Administrativo de uma Faculdade do Distrito Federal. Cienc Trab. [online]. 2018, vol.20, n.62, pp.97-102. ISSN 0718-2449.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-24492018000200097.

O objetivo deste estudo foi comparar entre os gêneros a prevalência de barreiras e sua associação com a prática de atividades físicas em servidores de uma faculdade do Distrito Federal. Trata-se de um estudo transversal com 270 servidores administrativos de uma facul dade do Distrito Federal, Brasil, desenvolvido entre outubro de 2016 a maio de 2017. Foram coletadas informações sociodemográficas, prática de atividade física e barreiras percebidas. As barreiras foram analisadas individualmente e agrupadas em domínios (ambiental, comportamental, físico e social). Associações entre barreiras percebi das (por domínios) e prática de atividades físicas foram testadas por meio de Regressão de Poisson. Resultados: As principais barreiras percebidas pelos servidores, de ambos os gêneros, foram jornada de trabalho extensa (mulheres = 33,9%, homens= 24,1%), falta de ener gia (mulheres= 17,3%, homens= 14,9%). As mulheres e os homens que percebiam barreiras sociais para a prática de atividade física apresentaram, probabilidade maior (OR=2,13; IC95%= 1,08-5,40; OR=1,92; IC95%=0,87-4,88, respectivamente) de serem inativos fisicamente. As barreiras físicas estiveram associadas à inatividade física nas mulheres (OR= 1,82; IC95%=1,41-4,47). As barreiras do domínio social estiveram associadas à inatividade física, para ambos os gêne ros. O desenvolvimento de políticas públicas saudáveis com o propó sito de aumentar o estímulo a prática de atividade física.

Keywords : atividade física; trabalho,estilo de vida; prevenção.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )