SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número2Comportamiento de cinco especies de leguminosas como cobertura viva en palma aceitera en el estado Monagas, VenezuelaVariabilidade espacial das frações granulométricas e da produção de bananeira 'Prata Anã' índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Idesia (Arica)

versión On-line ISSN 0718-3429

Resumen

DE MENEZES SILVA, Paulo Eduardo et al. Quebra de dormência em sementes de Sesbania virgata (Cav.) Pers. Idesia [online]. 2011, vol.29, n.2, pp.39-45. ISSN 0718-3429.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-34292011000200005.

RESUMO Sementes de espécies florestais que possuem tegumentos rígidos freqüentemente apresentam consideráveis problemas para a produção de mudas, por quanto que seus tegumentos duros e impermeáveis à água dificultam e retardam a germinação. Nesse sentido, esse trabalho objetivou determinar a metodologia mais eficiente para superação da dormência em sementes de Sesbania virgata (cav.) Pers., uma espécie com potencial para recomposição de áreas degradadas. Os tratamentos pré-germinativos utilizados foram imersão em ácido sulfúrico por 5, 10, 20 ou 30 minutos, escarificação mecânica ou choque térmico. Após a escarificação, as sementes de todos os tratamentos foram submetidas aos testes germinativos em câmaras de germinação a 25 ºC e fotoperíodo de 14 h. O tratamento com escarificação mecânica demonstrou o maior percentual germinativo (98%), seguida da escarificação química por 30 minutos (57%). O tratamento térmico apesar de obter um maior percentual germinativo do que o controle apresentou desenvolvimento anormal de plântulas, não sendo, pois, recomendado para sementes de S. virgata. Diante dos parâmetros utilizados neste estudo, recomenda-se o uso da técnica de escarificação mecânica para a superação da dormência de sementes de S. virgata.

Palabras clave : Sesbania virgata; latencia; germinación de semillas.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons