SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número1Parâmetros indicadores do potencial de mineralização do nitrogênio de compostos orgânicosCaracterización física y reológica de semillas de tres leguminosas arbóreas índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Idesia (Arica)

versión On-line ISSN 0718-3429

Resumen

FRANCA DA CUNHA, Fernando et al. Produtividade da Brachiaria brizantha cv. Xaraés em diferentes manejos e doses de adubação, períodos de descanso e épocas do ano. Idesia [online]. 2012, vol.30, n.1, pp.75-82. ISSN 0718-3429.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-34292012000100009.

Experimentos já foram conduzidos no Leste do Estado de Minas Gerais visando à avaliação de gramíneas forrageiras onde destacou-se a Brachiaria brizantha cv. Xaraés. Diante disso, decidiu-se intensificar a pesquisa conduzindo-se um experimento em esquema de parcelas sub-subdivididas, tendo nas parcelas um esquema fatorial 2 x 2 (épocas climáticas e manejos de adubação), nas subparcelas quatro períodos de descanso e nas sub-subparcelas seis níveis de adubação, no delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições. As épocas climáticas foram outono/inverno e primavera/verão. Os períodos de descanso foram de 21, 28, 35 e 42 dias. Os manejos de adubação foram convencional e fertirrigação. Para diferenciar as doses de adubação no tratamento fertirrigado, utilizou-se a aspersão em linha. As doses de adubação tiveram uma relação entre nitrogênio e potássio de 1 N: 0,8 K2O e foram de 0, 15, 39, 64, 83 e 100% da referência (700 e 560 kg de N e K2O). A produtividade de matéria seca foi obtida por meio do material seco em estufa ventilada a 60 °C, por 72 h. Verificou-se, em geral, que a estação seca apresentou menor produtividade de MS; porém, em média, a produtividade obtida na estação outono/inverno foi de 75% daquela obtida na estação primavera/verão. Os manejos de adubação não influenciaram os valores de produtividade de MS, porém o aumento da dose de adubação proporcionou efeito linear positivo no capim-xaraés fertirrigado na estação outono/inverno e quadrático nos demais tratamentos. Os períodos de descanso proporcionaram efeito quadrático apenas no tratamento fertirrigado e estação outono/inverno.

Palabras clave : fertirrigação; aspersão em linha; matéria seca.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons