SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número3Fosfito de potasio, calcio y cobre para controlar la roya y la podredumbre del duraznoPerformance of lettuce cultivars to protect environmental and soil cover effects índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Idesia (Arica)

versión On-line ISSN 0718-3429

Resumen

RONDELLI, Vando Miossi et al. Seleção de isolados de Beauveria bassiana (Bals.) Vuill. para o controle de Sitophilus zeamais (Mots.) (Coleoptera: Curculionidae). Idesia [online]. 2012, vol.30, n.3, pp.97-102. ISSN 0718-3429.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-34292012000300013.

Sitophilus zeamais (Mots.) (Coleoptera: Curculionidae) é considerado uma das principais pragas do milho, responsável pela redução da qualidade dos grãos, tornando-os impróprios para indústria e consumo humano. Para seu controle tem-se utilizado exclusivamente produtos químicos. Assim, o objetivo deste trabalho foi selecionar isolados de Beauveria bassiana (Bals.) Vuill. para o controle de S. zeamais. Besouros foram imersos em suspensões de conídios de cada isolado por cinco segundos e acondicionados em gerbox contendo grãos de milho. Nos testes de patogenicidade os isolados que causaram maior mortalidade confirmada ao gorgulho-do-milho foram ESALQ-447 (68,0%), CCA-UFES/Bb-36 (57,3%) e CCA-UFES/Bb-31 (51,3%), sendo o primeiro mais virulento e promissor ao controle desta praga com CL50 de 1,7 x 107 conídios/ml. A utilização desses isolados de B. bassiana pode ser um substituto eficaz ao controle convencional realizado, normalmente, com fosfina. Testes devem ser feitos em campo e semi-campo para elaboração de uma estratégia adequada para utilização deste entomopatógeno no manejo de S. zeamais.

Palabras clave : gorgulho-do-milho; controle microbiano; fungo entomopatogênico; grãos armazenados.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · Inglés ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons