SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.9 número25Las complejidades emergentes en las historias de vida de los "buenos profesores"Complejidad y currículo: por una nueva relación índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Polis (Santiago)

versión On-line ISSN 0718-6568

Resumen

MAZORCO IRURETA, Graciela. Educação em crise. Polis [online]. 2010, vol.9, n.25, pp.269-288. ISSN 0718-6568.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-65682010000100016.

As reformas educacionais da UNESCO falharam. Pedagogías construtivistas nao geraram urna melhor aprendizagem para evitar a ruptura da contradição entre sujeito e objeto e não ultrapassaram as limitações do behaviorismo positivista. Para enfrentar o desafio da mudança epistemológica sem cair em o nada muda do construtivismo, é necessário superar as restrições da civilização antropocêntrica: só renunciando ao antropocentrismo o individuo podera sentir o humano, enquanto árvore, estrela, rio ou vaga-lume, e aprender com o que eles têm a dizer. Para ouvir e sentir-se muito mais aberto aos seus sentidos e seu mente, despertar os poderes finito eo infinito que dormem em seus genes desde que todo o ser humano original foi domesticada pela racionalidade comunicativa do ensino e do sistema da não-unidade.

Palabras clave : educação; autopoiese; acoplamento estrutural; complementaridade.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons