SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 número28Entre la movilización y la institucionalización: Los dilemas de los movimientos sociales (Argentina, 2001-2010)Movimientos sociales, política y hegemonía en Argentina índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Polis (Santiago)

versión On-line ISSN 0718-6568

Resumen

RAMIREZ PARRA, Patricia. Mães combatentes ou a afirmação do conceito de “boa mãe”. Polis [online]. 2011, vol.10, n.28, pp.221-242. ISSN 0718-6568.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-65682011000100013.

Este artigo apresenta uma reflexão sobre as mulheres que sendo mães “escolheram” enrolar-se às Forças de Defesa da Colômbia, se tornando uma grande maioria em “trabalhadores da guerra” para cumprir a função materna para não deixar seus filhos morrer. Eles são mães lutadoras que foram à guerra para lutar por seus filhos, sacrificando sua vida para esse outro que foi parte dela. Tento mostrar que essas mães combatentes, não violam as normas da maternidade hegemônica. Violá-la, a visão estereotipada de gênero, segundo o qual as mulheres são consideradas essencialmente “pacíficas”. Mas eles não são realmente transgressoras dos ideais associados com a maternidade, principalmente visto essencialmente como um evento biológico e individual. Finalmente, presenta-se a aposta de repensar a(s) maternidade(s) em uma sociedade (pós)conflito como Colombia.

Palabras clave : maternidade; mães; soldados; guerra; política paramilitar do lugar.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons