SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 número29Más allá del capital social: La producción de hábitat popular en Buenos AiresEl misterio latinoamericano índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Polis (Santiago)

versión On-line ISSN 0718-6568

Resumen

TURNER BARRAGAN, Ernesto H. Desenvolvimento e pobreza no México, Argentina, Brasil e Chile. Polis [online]. 2011, vol.10, n.29, pp.181-207. ISSN 0718-6568.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-65682011000200009.

Argumenta-se que a pobreza na América Latina não é um umfenômeno contemporâneo, mas algo que afeta desde a colônia a grande parte da população. Incorpora-se alguns aspectos do caso mexicano para explicar quais as condições históricas que dão origem a lacuna de crescimento econômico entre a América Latina e nos Estados Unidos, bem como a desigualdade de renda. Isto é exemplificado nos casos do México, Argentina, Brasil e Chile, para os EUA, Japão e Alemanha, apresentando a evolução do PIB per capita ea distribuição de renda de 1980-2010. Distingue-se a pobreza extrema da moderada, sendo neste último que o indivíduo não tem acesso aos bens comumente obtidos pela maioria dos indivíduos em sua comunidade, mas pode satisfazer suas necessidades básicas. Como parte da pobreza pobreza moderada distingue-se pobreza de recursos e pobreza de ativos. Finalmente, com base na abordagem da pobreza análiza-se esta no México, Argentina, Brasil e Chile nas últimas décadas.

Palabras clave : distribuição de renda; pobreza moderada; pobreza extrema.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons