SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 número32Por una Ética de la Gestión PúblicaObservando las alianzas de colaboración entre Organizaciones Sin Fines de Lucro y Organizaciones Estatales Chilenas índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Polis (Santiago)

versión On-line ISSN 0718-6568

Resumen

DAVIS TOLEDO, Giselle. A geração de recambio política ea nova sociedade civil: Quem está conduzindo quem?. Polis [online]. 2012, vol.11, n.32, pp.67-89. ISSN 0718-6568.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-65682012000200005.

A crise da representação dos partidos políticos de centro-esquerdaquestiona a qualidade da democracia chilena e sua capacidade de liderança da nova sociedade civil. Neste contexto, estávamos interessados em saber o potencialda próxima geração de líderes de partidos políticos para se adaptarem às mudançassociais e cambios epocales. O estudo analisa o potencial das novas geraçõespartidárias na arena política e suas práticas sociais com a sociedade civil nova. Osresultados indicam que a geração em estudo está em melhor posição paracompreender as tendências e lógica da nova sociedade civil, porque: 1) a suacondição geracional, 2) a sua visão crítica das formas tradicionais de reproduçãodo poder político e, 3) a sua própria necessidade de legitimidade social. As distintas práticas políticas associadas à nova geração em estudo indicam a emergênciada democracia da audiência, as parcerias transversais e plurais ea integração doterritório.

Palabras clave : geração; práticas sociais; partidos políticos; regiões.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons