SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 número33Aporías de la sustentabilidad capitalistaRegenerar el tejido social de la esperanza índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Polis (Santiago)

versión On-line ISSN 0718-6568

Resumen

ESTERMANN, Josef. Crise civilizacional e Viver Bem: Uma crítica filosófica do modelo capitalista desde o allin kawsay/suma qamaña andino. Polis [online]. 2012, vol.11, n.33, pp.149-174. ISSN 0718-6568.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-65682012000300007.

O presente artigo propõe o paradigma andino "Viver Bem" comouma alternativa ao modelo econômico, social e de civilização do capitalismoneoliberal e predatório que mostra sinais graves de crise. Essas crises se manifestamno âmbito financeiro, económico, político, axiológico e ecológico, para que sepossa falar de uma "crise de civilização". O "Bem Viver" andino é a expressão dacivilização em muitos aspectos oposto ao paradigma filosófico e civilização de Ocidente. As contradições e tensões entre os dois modelos podem ser vistos, porexemplo, no processo em curso de mudança na Bolívia.

Palabras clave : crise da civilização; modernidade ocidental; pachasofíaandina; TIPNIS.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons