SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número37La crítica de Rancière a la educación moderna: Notas para una discusión sobre las tramas de la pedagogíaLa emergencia metafórica y propensión a aprender de preescolares en Chile y Brasil índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Polis (Santiago)

versión On-line ISSN 0718-6568

Resumen

SALGADO SANHUEZA, Jorge. O surpreendente raciocínio das crianças. Polis [online]. 2014, vol.13, n.37, pp.219-231. ISSN 0718-6568.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-65682014000100013.

Muitas vezes, as crianças surpreender-nos com argumentos feitos com uma lógica pura, limpa e muito bem colocada. Outras vezes, não os entendemos e seus comportamentos parecem absurdos pelos seus acessos de raiva, suas palavras e brincadeiras que qualificamos como: "São coisas de criança". Da mesma forma, nós não entendemos as situações de injustiça que cometemos e expomos às crianças a uma compreensão brutal, dura e implacável entre a conclusão clara de seu raciocínio e as regras sociais e econômicas que impomos, e que eles não entendem. Assim, vamos incorporando a uma sociedade "justa" e "boa" que a criança não entende e que depois deve aceitar. Uma luta entre sua "razão natural" e sua "razão social".

Palabras clave : raciocínio formal das crianças; Modus Ponens e Modus Tollens; contexto do raciocínio infantil; princípio de identidade nas brincadeiras infantis.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )