SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número43El aborto y la Justicia Restaurativa¿Sindicatos sin socios, pero representativos?: Ideologías de la representatividad sindical en Chile índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Polis (Santiago)

versión On-line ISSN 0718-6568

Resumen

GONZALVEZ TORRALBO, Herminia. As famílias transnacionais, uma tautologia? Além da dicotomia “distância/proximidade geográfica. Polis [online]. 2016, vol.15, n.43, pp.511-532. ISSN 0718-6568.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-65682016000100024.

O objetivo principal deste artigo é esclarecer o que se entende por “transnacional” em relação à família migrante. Para conseguir isso, salientam-se aqueles trabalhos que tornam visíveis as práticas e os significados atribuídos a posições de gênero e de parentesco dentro da família transnacional. Trata-se de olhar “o transnacional” em relação à família, além da dicotomia de proximidade/distanciageográfica, mas também das tensões entre o biológico e escolha nas relações familiares que são impactados pela migração. Como resultado, este artigo aponta que o transnacional com relação às definições de “família transnacional” é, em muitos casos, uma tautologia, dado que se privilegia um olhar biologicistadas relações de parentesco depositados implicitamente no desejo e/ou a obrigação de se manter vinculado.

Palabras clave : Família Transnacional; parentesco; gênero; migração; distância geográfica.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons