SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número46No quiero tener hijos (as)… continuidad y cambio en las relaciones de pareja de mujeres profesionales jóvenesEl peso de las Asociaciones Público Privadas en los Servicios para la primera infancia y los adultos mayores. Un estudio de casos en el marco de los derechos índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Polis (Santiago)

versión On-line ISSN 0718-6568

Resumen

CORTES, Alexis. Aníbal Quijano: Marginalização e urbanização dependente América Latina. Polis [online]. 2017, vol.16, n.46, pp.221-238. ISSN 0718-6568.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-65682017000100221.

Aníbal Quijano foi o autor de uma síntese original entre a teoria da dependência, o processo de urbanização na América Latina e a marginalização de crescentes setores da população da economia formal. Analisando criticamente a produção intelectual do sociólogo peruano em sua estadia no Chile trabalhando para a CEPAL (1966-1971), uma das instituições que contribuíram para a visibilidade do problema da marginalidade, tentamos mostrar como, apesar de ser um membro dessa instituição, Quijano propôs uma agenda de pesquisa independente e, até certo ponto em conflito com o organismo internacional. As principais questões que norteiam este artigo são: Quais são as contribuições específicas de Aníbal Quijano para o campo teórico que, nesse periodo, procurava compreender a América Latina?, quais foram seus principais parceiros e adversários teóricos? e quais são os limites e potencialidades que sua proposta teórica oferece para entender e atualizar os debates latino-americanos sobre dependência, urbanização e marginalidade?

Palabras clave : Aníbal Quijano; urbanização dependente; marginalidade; movimento de favelados; marginalização.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )