SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 número49Percepciones sociales sobre el derecho de autonomía de los pueblos indígenas en ChileEndeudamiento “saludable”, empoderamiento y control social índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Polis (Santiago)

versión On-line ISSN 0718-6568

Resumen

TRONCOSO, Francisco Letelier; BARRIA, Verónica Tapia  y  CHIOINO, Patricia Boyco. Novas territorialidades do bairro no Chile neoliberal?. Polis [online]. 2018, vol.17, n.49, pp.55-78. ISSN 0718-6568.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-65682018000100055.

Desde 1973, a organização do bairro sofreu uma série de transformações ligadas à descoletivização da vida social, à intensificação de lógicas clientelistas e paternalistas entre organizações sociais e autoridades locais, e à proliferação de políticas públicas que tem promovido o isolamento do bairro e seu afastamento dos processos urbanos de grande escala. Isso, tem se traduzido na perdida sistemática do poder da organização do bairro. Com base na metodologia qualitativa, o artigo apresenta o caso de três comunidades urbanas de uma cidade intermediária no Chile que, através de um processo de acompanhamento técnico-político, articulam e aumentam sua capacidade de influenciar na produção de seus territórios. A análise do caso permite identificar tendências na instalação de lógicas de articulação territorial que emergem como alternativas à crise dos espaços dos bairros e que melhoram os processos de governança urbana.

Palabras clave : bairro; fragmentação de bairro; articulação de bairro.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )