SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 número50Aislamiento territorial y expectativas sociales sobre los hijos: el caso de la caleta Paposo índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Polis (Santiago)

versión On-line ISSN 0718-6568

Resumen

RODRIGUES DE FREITAS FERREIRA, Demétrius  y  HENRIQUE, Anderson. The map of public-private partnerships in sanitation in Brazil: a comparative analysis (2006-2017). Polis [online]. 2018, vol.17, n.50, pp.275-293. ISSN 0718-6568.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-65682018000200275.

O processo de reforma estatal, associado a crise fiscal crônica, possibilitou novas formas de inserção do setor privado em áreas tradicionalmente sob a tutela do Estado. Recentemente, o Estado brasileiro está apostando em Parcerias Público-Privadas (PPPs) para elevar o acesso ao serviço de esgotamento sanitário. O artigo se propõe a responder a seguinte questão: PPPs em esgotamento sanitário apresentam resultados melhores em relação a gestão pública dos serviços? O objetivo do presente artigo é analisar o comportamento dessas experiências em comparação com casos de gestão pública dos serviços a partir dos indicadores de índice de atendimento total de esgoto e índice de esgoto tratado referido a água consumida. Metodologicamente, foi empregada estatística descritiva e teste T para amostras independentes entre os grupos. Os resultados indicam que não existe diferença substantiva na expansão dos serviços de esgotamento sanitário entre a gestão pública e as PPPs para os grupos analisados.

Palabras clave : Parcerias público-privadas; esgotamento sanitário; gestão pública.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )