SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número53Injerencias en los procesos espaciales en ciudades brasileñas dinamizadas por el agronegocio: el caso de Primavera do LesteFamilia, género y sexualidad en las teleseries chilenas contemporáneas. Afinidades con la teoría sociológica y los estudios realizados en el país índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Polis (Santiago)

versión On-line ISSN 0718-6568

Resumen

VELEZ TORRES, Álvaro. Modelagem e simulação baseada em agentes em ciências sociais: uma abordagem ao estado da arte. Polis [online]. 2019, vol.18, n.53, pp.282-308. ISSN 0718-6568.  http://dx.doi.org/10.32735/s0718-6568/2019-n53-1392.

Modelar e simular com agentes é uma terceira maneira de fazer ciência, e seu potencial não está na previsão, mas na compreensão de processos fundamentais de fenômenos complexos. Como a modelagem e a simulação computacional baseadas em agentes podem ajudar as ciências sociais a estudar fenômenos complexos? O pressuposto é que permite estudar através de sociedades artificiais o surgimento de fenômenos sociais, e estabelecer ligações entre pressupostos teóricos e fatos empíricos. Além disso, modelos baseados em agentes permitem o estudo de comportamentos emergentes em nível macro, a partir de estudos dos comportamentos micro. Consequentemente, este documento visa construir um estado inicial da arte sobre este assunto. Os desafios e problemas pendentes estão localizados na validação empírica, neste sentido, a estimação estatística e a modelagem de acompanhamento são as principais abordagens

Palabras clave : Validação empírica; simulação social; complexidade; ciências sociais.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )