SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número55“El alisado es lo más propio de la mujer dominicana”: prácticas ritualizada y mimética del “brushing dominicano”Cuerpos impropios apropiando el espacio expropiado: las luchas de las mujeres trans en Tijuana índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Polis (Santiago)

versión On-line ISSN 0718-6568

Resumen

BORAGNIO, Aldana. As emoções da alimentação cotidiana: mulheres entre nojo, culpa e vergonha. Polis [online]. 2020, vol.19, n.55, pp.86-110. ISSN 0718-6568.  http://dx.doi.org/10.32735/s0718-6568/2020-n55-1444.

Neste artigo, exporemos as emoções ligadas às práticas alimentares diárias de mulheres empregadas em cargos públicos da Administração Pública Nacional Argentina, enfocando as contribuições teóricas da sociologia dos corpos / emoções. O presente trabalho é baseado em uma investigação, na qual queríamos conhecer a configuração das emoções e práticas alimentares dessas mulheres. Para isso, foram realizadas entrevistas em profundidade com mulheres entre 22 e 56 anos de idade, com vários anos de experiência profissional em cargos públicos. Como principais resultados, observa-se que nojo, culpa e vergonha são constituídas como emoções ligadas à alimentação diária a partir de uma articulação entre a dieta e as práticas alimentares que organizam a alimentação.

Palabras clave : Práticas alimentares; práticas de dieta; privação; funcionárias públicas.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )