SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número55Cuerpos impropios apropiando el espacio expropiado: las luchas de las mujeres trans en TijuanaActivación y descarte de disposiciones de trabajadores del Polo Naval de Río Grande: cuerpos entre la fantasía y el fantasma índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Polis (Santiago)

versión On-line ISSN 0718-6568

Resumen

OBANDO CID, Augusto Claudio  y  VASQUEZ PALMA, Olga Angélica. A construção do corpo da aids e seus estigmas. Polis [online]. 2020, vol.19, n.55, pp.140-161. ISSN 0718-6568.  http://dx.doi.org/10.32735/s0718-6568/2020-n55-1446.

Neste artigo pressupõe-se que o corpo excluído e sofredor seja construído pela estrutura social em conluio com o sujeito e os grupos que o compõem. Quem sofre não consegue se incluir no modelo imposto, seu ser aprisionado por uma construção cultural que o limita. No Chile, na década de 1980 - durante o período de consolidação do modelo político e econômico neoliberal - começou a construção de um assunto particular de perigo associado a uma pandemia global, a que chamamos corpo de aids. Sujeito corporal de sofrimento e exclusão; transcende o inimigo terrorista interno e cuja aparência se posicionou à margem da sociedade. Este texto dá conta da construção do corpo da AIDS e seus estigmas, através da revisão da imprensa escrita, entre julho e agosto de 1984, quando o primeiro caso no Chile. O artigo explora a relação entre os regimes de visibilidade dos corpos no contexto social, evidenciados na mídia e pelo discurso biomédico, exibidos para aterrorizar e justificar sua destruição. É uma descrição do mercado do estigma e do escopo da gestão do corpo terrorista no contexto do capitalismo em uma chave neoliberal (biocapitalismo). A situação cotidiana da violência contra corpos estigmatizados, negados e invisíveis, exposta apenas para que a sociedade conheça o terror de se unir àqueles que têm sua aniquilação registrada.

Palabras clave : AIDS; discursos; corpo; estigma.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )