SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número35Educación a distancia y políticas públicas en materia de telecentros digitales: el caso del proyecto "CASA" de MéxicoLa formación en comunicación/educación para el cambio social en la universidad española: Rutas para un diálogo interdisciplinar índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Cuadernos.info

versión impresa ISSN 0719-3661versión On-line ISSN 0719-367X

Resumen

ALVARENGA, Camila; AQUINO, Rafael; MARCIO BARROS, José  y  BRAGA RIBEIRO, Nubia. A comunicação no plano Nacional de educação do Brasil: uma aproximação crítica. Cuad.inf. [online]. 2014, n.35, pp.69-81. ISSN 0719-3661.  http://dx.doi.org/10.7764/cdi.35.651.

Este trabalho busca refletir sobre o tratamento que o atual Plano Nacional de Educação no Brasil (PNE 2014-2024) dá à questão da comunicação. A partir dos conceitos de educomunicação e ecossistema comunicativo o texto, em sua primeira parte, busca estabelecer uma relação conceitual entre comunicação e educação. Na segunda parte são apresentados os dois últimos PNE brasileiros (2001-2010 e 2014-2024), de modo a subsidiar a análise de como nas metas e estratégias de ambos a questão da comunicação é abordada. Foi possível perceber como a tradicional postura de negação da complexidade das transformações culturais da atualidade e a recusa das instituições em tratar o que efetivamente é vivido pelos diversos atores envolvidos no processo de educação contribuem para que a comunicação ainda seja vista como uma dimensão secundária e por um viés instrumental.

Palabras clave : Comunicação; educação; educomunicação; Plano Nacional de Educação; Brasil.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons