SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número1Las Directivas Anticipadas en la profesión de enfermería: el conocimiento y las barrerasInfluencia del Programa Una Semana de Educación en el Conocimiento y Enfoque de los Estudiantes de Farmacia hacia la Diabetes Mellitus índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Acta bioethica

versión On-line ISSN 1726-569X

Resumen

MURTAZA, Ghulam; ZAFAR, Seema; BASHIR, Iqra  y  HUSSAIN, Izhar. Avaliação da percepção e do comportamento de estudantes para o plágio nas universidades paquistanesas. Acta bioeth. [online]. 2013, vol.19, n.1, pp.125-130. ISSN 1726-569X.  http://dx.doi.org/10.4067/S1726-569X2013000100013.

Antecedentes: A prevalência de condutas éticas reprováveis nas universidades, principalmente sob a forma de plágio e mentira, é extensamente reconhecida. Objetivos: Avaliar a percepção e o comportamento dos estudantes para o plágio nas universidades paquistanesas. Métodos: Este estudo transversal foi levado a cabo em seis disciplinas acadêmicas em 35 universidades no Paquistão de 21-02-2011 até 21-04-2011. Entrevistadores especialistas e educadores eruditos realizaram as entrevistas com a ajuda de um questionário estruturado, para avaliar os conhecimentos dos estudantes sobre o plágio: em aspectos como (i) o conhecimento dos estudantes acerca da política HEC, (ii) a atitude do estudante com relação ao plágio, (iii) a satisfação do estudante para com o plágio e a mentira, e (iv) seus pontos de vista em matéria de sanções (que sanções deveriam ser aplicadas para a primeira e segunda ocorrência de plágio?). Foram gravadas as respostas. Resultados: Esta enquete foi respondida por 25.742 estudantes. A taxa de resposta para a consciência acerca das políticas HEC sobre o plágio mostraram significativa (p<0,05) baixa porcentagem (94%). Os estudantes não estavam a par desta política. A atitude de recusa ao comportamento do plágio mostra significativamente (p<0,05) uma alta porcentagem. Os estudantes consideraram que o plágio era uma conduta inaceitável. Significativamente (p<0,05) de alto índice foi a resposta a respeito do castigo que deveria ser dado ao plágio; a resposta foi: advertência e informar a HOD para o primeiro e segundo aparecimento deste engano, respectivamente. Conclusões: Foi encontrada uma extensa falta de compreensão dos estudantes em relação ao plágio em todas as universidades. É necessário, para alcançar o equilibrio entre os fatores que influenciam o plágio lograr detectar a evasão, buscando e sentenciando os casos encontrados.

Palabras clave : prática farmacêutica; honestidade acadêmica; plágio; engano.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Inglés     · Inglés ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons