SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número3ANÁLISIS DE LA FUNCIÓN DE CORRECCIÓN DE LA VELOCIDAD DE SEDIMENTACIÓN PARA MICRO PARTÍCULASCARACTERIZACIÓN DEL SOI USANDO ANFIS CON RESIDUALES HETEROCEDÁSTICOS índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Ingeniare. Revista chilena de ingeniería

versión On-line ISSN 0718-3305

Ingeniare. Rev. chil. ing. v.15 n.3 Arica dic. 2007

http://dx.doi.org/10.4067/S0718-33052007000300009 

 

 

Ingeniare. Revista chilena de ingeniería, vol. 15 No 3, 2007, pp. 291-301

SCORECARD AMBIENTAL: MONITORAÇÃO DOS CUSTOS AMBIENTAIS ATRAVÉS DA WEB

ENVIRONMENTAL SCORECARD: WEB-BASED ENVIRONMENTAL COST MONITORING

Orlando Durán1   Vicente Bergamini Puglia2

1 Escuela de Ingeniería Mecánica. Pontificia Universidad Católica de Valparaíso. Av. Los Carrera 01567. Quilpue, Chile. E-mail: orlando.duran@ucv.cl

2 FEAR Eng. Mecânica. Universidade de Passo Fundo. Passo Fundo, RS, Brasil.


RESUMO

A gestão ambiental tem se transformado num dos elementos chave dentro da gestão empresarial atual. Sistemas Integrados de Gestão posicionam num mesmo plano as questões relativas às dimensões financeiras, da qualidade e do desempenho ambiental. Dentro desse contexto, a mensuração dos custos ambientais ocupa um lugar de destaque no que tange à informação para a Gestão. Entretanto, a mensuração dos custos ambientais tem esbarrado nas limitações já reconhecidas dos instrumentos da contabilidade tradicional. Pela sua natureza, a maioria destes custos é considerada como sendo custos indiretos de fabricação e/ou custos fixos dificultando, com isso, sua identificação e correta apropriação. Com a utilização do Método do Custeio Baseado em Atividades (ABC), os custos ambientais podem ser definidos a partir da identificação e mensuração dos recursos consumidos pelas atividades de controle, preservação e recuperação ambiental. Tudo isso é possível devido às características do Método ABC, adaptando-se de uma melhor forma à identificação, medição e monitoramento dos custos ambientais. Este trabalho apresenta os resultados obtidos no projeto de construção de um sistema de monitoramento dos custos ambientais via web, utilizando para isto um banco de dados e linguagem PHP. Este sistema, chamado de Scorecard Ambiental, disponibiliza a informação relativa aos custos ambientais através da web categorizados segundo quatro classes, custos de prevenção, custos de avaliação, custos de falhas internas e custos de falhas externas e permite aos usuários acompanhar o comportamento dessas variáveis ao longo dos períodos.

Palabras clave: Custos ambientais, desempenho ambiental, gestão ambiental.

ABSTRACT

Environmental Management has become recently a central issue of corporate management. Integrated Management Systems incorporate matters such as finances, quality and environmental performance, at the same importance level. Within that context, measuring environmental costs is today an essential aspect of information for the modern management. Nevertheless, measuring environmental costs is difficult because of traditional accounting instruments. By their nature, most environmental costs are considered as production indirect costs or overheads, which make their identification and correct allocation difficult. Activity Based Costing arises as a solution for defining, identifying and/or measuring the resources consumed by the activities of control, preservation and recovering of the environment. This is possible because of the characteristics of the ABC methodology, which are best suited for managing environmental costs. This paper deals with the implementation of a web-based environmental performance monitoring system. The proposed system was entirely written in PHP programming language and is interconnected with a database-based management system. The system, called Environmental Scorecard, provides information about environmental costs, which are classified according to four main types: prevention, evaluation, internal faults and external faults. The system allows users to know and monitor the behavior of the mentioned variables through long time periods.

Keywords: Environmental costs, environmental performance, environmental management.


REFERENCIAS

[1] R.J. Batterman. "Ten years of sustainability: where do we go from here". Chemical Engineering Science. Vol. 58, pp. 2167-2179. 2003.         [ Links ]

[2] P.N. Batista. "O novo fator do desenvolvimento". Rumos. No102. Julho/agosto, pp. 23-27. 1993.         [ Links ]

[3] L.M de S. Campos. "Um estudo para a definição e identificação dos custos da qualidade ambiental". Tese para optar al título de engenharia de produção. UFSC. Florianópolis, Brasil. 1996.         [ Links ]

[4] F. van der Woerd and T. van den Brink. "Feasibility of a responsive business scorecard - a pilot study". Journal of Business Ethics. Vol. 55, pp. 173-186. 2004.         [ Links ]

[5] M. de S. Ribeiro. "O custeio por atividades aplicado ao tratamento contábil dos gastos de natureza ambiental". Caderno de estudos FIPECAR. Vol. 10 Nº 19, pp. 82-91. Setembro/dezembro, 1998.         [ Links ]

[6] G. Scavone. "Challenges in internal environmental management reporting in Argentina". Journal of Cleaner Production. Vol. 14, pp. 1276-1285. 2006.         [ Links ]

[7] A. Moller and S. Schaltegger. "The sustainability balanced scorecard as a framework for eco-efficiency analysis". Journal of Industrial Ecology. Vol. 9 No 4, pp. 73-83. Fall, 2005.         [ Links ]

[8] H. Kobayashi. "A systematic approach to eco-innovative product design based on a life cycle planning". Advanced Engineering Informatics. Vol. 20 No 2, pp. 113-125. April 2006.         [ Links ]

[9] P.R. Haddad. "Meio ambiente e investimento". Umos. Rio de Janeiro, pp. 13. Nov/dez 1991.         [ Links ]

[10] M. de S. Ribeiro e A. Gratão. "Custos ambientais - o caso das empresas distribuidoras de combustíveis". VII Congresso Brasileiro de Custos. Recife/PE. Julho/agosto, 2000.         [ Links ]

[11] M.de S.Ribeiro e E. Martins. "Apuração dos custos ambientais por meio do custeio por atividades". IBRACON - Instituto Brasileiro de Contadores. Boletim 243, pp. 3-15. Agosto 1998.         [ Links ]

[12] A. Robles Júnior. "Contribuição ao estudo da gestão e mensuração de custos na qualidade no contexto da gestão estratégica de custos". Tese para optar al grado de doutor. FEA/USP. São Paulo, Brasil. 1992.         [ Links ]

[13] E. Martins. "Contabilidade de custos". Atlas. Sexta edição, pp. 220. São Paulo. Brasil. 1998.         [ Links ]

[14] M. Nakagawa. "Gestão estratégica de custos - conceitos, sistemas e implementação - JIT/TQC". Atlas, pp. 156. São Paulo, Brasil. 1991.         [ Links ]

[15] H.Y. Ching. "Gestão baseada em custeio por atividades". Atlas, pp. 158. São Paulo, Brasil. 1997.         [ Links ]

[16] O. Durán. "Midiendo el impacto en el costo de los productos de las actividades de gestión ambiental: una aplicación de los costos abc en una ensambladora de buses". VI Congreso Mundial de Management. Santiago, Chile. 2003.         [ Links ]

[17] C. Berliner e J. Brimson. "Contabilidade por atividades - uma abordagem de custeio baseado em atividades". Atlas, pp. 225. São Paulo, Brasil. 1996.         [ Links ]

[18] SENAI. "A indústria ecoefiente: reduzindo, reutilizando, reciclando". São Paulo, Brasil. 2000.         [ Links ]

[19] D. Kinlaw. "Empresa competitiva e ecológica". Makron Books, pp. 185. São Paulo, Brasil. 1997.         [ Links ]

[20] M. Hansen, E. Mowen and S. Senkow. "Management Accounting". Canadian 5th edition. Nelson Canada, pp. 489. 2001.         [ Links ]


Recibido el 25 de abril de 2005, aceptado el 10 de octubre de 2007


 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons